terça-feira, 11 de outubro de 2011

E o Minority Report vai se tornando real

EUA testam detector de criminosos
Prever se alguém tem tendência para cometer crimes. Este é o objectivo do projecto FAST, que está a ser desenvolvido pelo governo dos EUA
Parece ficção mas é a realidade. As autoridades norte-americanas revelaram estar a trabalhar num sistema para detectar se alguém tem tendência para vir a cometer crimes.
Segundo as revelações efectuadas pelo Electronic Privacy Information Center (EPIC), ao abrigo da lei norte-americana, o detector de potenciais criminosos já está a ser ensaiado em voluntários. O programa FAST pretende detectar se uma pessoa tem traços que permitam suspeitar que a mesma possa cometer delitos criminais no futuro imediato. Por isso uma das possíveis utilizações deste programa será nos aeroportos, de forma a controlar quem entra no país [ Nota do Blog: Mas não quem sai... ] .
O governo ainda não tem planos para a entrada em funcionamento deste programa, mas a EPIC já veio manifestar o seu receio sobre a futura utilização do FAST, uma vez que o mesmo pode pôr em causa os direitos das pessoas.
De acordo com a informação da EPIC, o FAST permite analisar dados como o movimento corporal, as mudanças de entoação da voz, os movimentos dos olhos, as alterações da temperatura corporal e da respiração e situações de stress. Estes dados são depois cruzados com a profissão, a idade e o sexo do indivíduo em causa. (
SOL )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe