terça-feira, 13 de setembro de 2011

Trânsito + Hostil em: "E tem quem chame isso de 'acidente'..."

ROTEIRO CONHECIDO
A essa altura do campeonato, muita gente deve ter escutado a notícia do camarada que vinha pela Marginal a 140km/h, perdeu o controle do veículo, que capotou, bateu numa mureta e chegou a atingir um carro da PM, ferindo dois policiais. O rapaz, que estaria sem o cinto de segurança, foi jogado pela janela e CAPUT!. Por pouco o garoto, de uns 20 anos, não matou também sua namorada, que estava no banco do passageiro.
Parece que o testemunho da acompanhante é válido, então é fato que o cidadão pisava fundo e o carango
chegara a 140km/h. Ainda segundo a moça, o piloto foi pegar uma carteira ( !!? ) no bolso e isso teria feito ele perder o controle sobre o carro. De acordo com o relato da namorada, o rapaz disse que estava acostumado a dirigir daquela maneira [ VER AQUI ], o que corrobora, ainda mais, nossa teoria ( já nem é mais "teoria" ), de que a "Indústria da Multa não Existe".
E, sem fugir do script manjado, parece que o dito cujo havia ingerido bebida alcoólica. Se bem que isso ainda não ficou muito claro para mim, pois há versões ligeiramente conflitantes.
AQUI diz que ele bebeu "duas garrafas de vinho" ( a primeira versão que escutei ) e AQUI, que ele "havia ingerido bebida alcoólica".
Desculpe a sinceridade, mas "better you than me", em português claro. Veja, costumo dizer que, depois que resolvêssemos todos os problemas decorrentes da canalhice atávica do motorista paulistano, ainda restaria o problema de morarmos em uma cidade completamente entulhada de automóveis, extremamente poluída, carente de transporte público de massa - exatamente pelo fato dos governos governarem de acordo com o desejo automobilístico-fanático da população eleitora. Que uns e outros usem seus carros como quem porta uma UZI, isso é mero detalhe.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe