domingo, 25 de setembro de 2011

Tradição em risco: crise econômica portuguesa leva padres a pedir que não se jogue mais arroz em noivos

Ordem para não atirar arroz aos noivos
Padres preocupados com a crise
Vários padres estão a pedir, nas suas paróquias, para que termine a tradição de atirar arroz aos recém-casados, porque consideram um desperdício.
«Poupar um ou dois quilos de arroz num casamento é coisa pequena, mas se os convidados souberem que os noivos renunciaram a esse gesto, que tem o seu quê de desperdício, quando isso poderá ajudar pessoas com dificuldades, isso dinamiza-os para, na sua vida, tomarem resoluções que sejam um poupar para ajudar», comentou à TSF o porta-voz da conferência episcopal.
A Igreja pede aos noivos para incentivarem o uso de flores, poupando assim cerca de 40 toneladas de arroz por ano.
O padre Manuel Morujão deu ainda outros exemplos de poupança, como «oferecer dinheiro aos noivos com a indicação de que é para determinada obra social». ( TVI24 )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe