segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Jaz São Paulo e o "Quanta corrupção, meu Deus!! Até quando? Acooooorda, Brasil!! Buááááá!"

Logo cedo, enquanto degustava meu desjejum, dei-me o trabalho de abrir a caixa de emails. Bem de cara, esta chamada: "FRASE DO ANO DITA POR UM ESPANHOL SOBRE O BRASIL". Identifico o remetente e já prevejo que vem merda pela frente. Batata:

“Que país é este,
que junta milhões numa marcha gay,
outros milhões numa marcha evangélica,
muitas centenas numa marcha em favor da maconha,
mas que não se mobiliza contra a corrupção ???”
(07/07/2011, Juan Arias, correspondente no Brasil do jornal espanhol “El Pais”)

Só que ele não usou este tamanho de fontes. Usou a maior que tinha, claro. E o vermelho acima eu reproduzi como estava. Já conheço o sujeito de outros Carnavais, desde quando comecei, lá por 2005 a enviar cartas para jornais. Esse cidadão ( o email dele é este, antes que perguntem: acdinamarco@aasp.org.br ) já foi advertido para não ficar enviando spams não-solicitados ( morou? chamo de spam e reforço o caráter indesejável dos emails, ao dizer que não foram solicitados ) mas de vez em quando necessita de ser relembrado. É daqueles tipos que se dizem imparciais, impolíticos e impartidários, monopolizam as seções de cartas de jornais e são tucanodemoudenistas até a medula. Quando eu cometia o erro de mandar cartas para jornais, por vezes recebia respostas para minhas "epístolas" ( um deles me escreveu isso, que guardo até hoje ). Tolerância passa longe, uma vez que eu, por mais que discorde do que estas figuras escrevem, jamais me dei o direito de entulhar suas caixas de emails com proselitismo esquerdopata.
Assim, para me livrar logo do chato e desopilar o fígado um pouco, respondi-lhe:
"Verdade. Haja vista que em São Paulo ( cidade e Estado ) a corrupção campeia e sabe-se lá o que conseguiríamos saber se as trocentas CPIs solicitadas na ALESP fossem instaladas. De resto, favor retirar meu email de sua lista pois detesto receber spams não-solicitados.
Abs.
"
E fim de papo.
Mais tarde, leio num jornalzinho que a população de Teresina, capital do Piauí, tocou o terror na cidade, por causa do aumento da tarifa de ônibus. A Prefeitura, ao que parece, voltou atrás. Quando veremos isso, não "no país", mas pelo menos na cidade de São Paulo? Nunca, pois não podemos, JAMAIS, prejudicar o trânsito na Capital. Queria saber o que o sr. Dinamarco pensa disso. Aliás, não quero não.




 

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe