sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Calor no inverno? Juro que já começo a acreditar em "reptilianos"

"Eu não quero que faça frio no inverno. É um absurdo fora do comum!"


Dia desses, na capa de um jornal, vinha isto: "Que frio é esse?".
Por estes dias também, mas no rádio, o sujeito disse que "graças a Deus ia esquentar no fim-de-semana e o Sol ia sair, que JÁ ESTAVA NA HORA". Oras, mas nós estamos NO INVERNO. A estação do frio, caramba!
Não acho ruim que alguém se queixe do frio. Frio demais é um saco. O p&**au encolhe e fica parecendo um amendoim, o saco parece uma ameixa. A canela congela. Eu sei disso tudo. A merda é que tem gente que parece achar UM ABSURDO que faça frio, mesmo que estejamos - repito - no inverno.
Você liga o rádio, e o sujeito, que tem a porta das casas aberta para disseminar suas informações e idéias às pessoas, pega e faz parecer que o Sol é a única maravilha que existe, que deveria ser proibido chover e fazer frio. Não pode chover porque prejudica a merda de trânsito. Não pode fazer frio porque não tem Sol ( às vezes tem, sim ) e daí não dá pra pegar um bronze e nem tomar uma cerva na praia. A vida é uma propaganda que combina carros, cerveja e celulares. Eu costumo fazer um chiste: digo que se alguém se candidatasse, propondo que teríamos 365 dias de Sol por ano, dia E NOITE, e esse alguém pudesse mesmo cumprir a promessa, tenho certeza de que ele seria eleito. O Sol faz parte da autoimagem do brasileiro, da "saúde" que apresentamos a partir da pele. Engraçado que num antigamente, em determinado lugar que não me recordo, a pele bronzeada era coisa de plebe ( acho que isso era na época feudal ), de quem fazia trabalho braçal. Hoje, pode-se dizer que o bronzeado é atestado de riqueza, de quem leva a vida, que relaxa. Nesse caso, como não se pode proibir o cara de pegar um solzinho na laje, ou seja, "o sol nasceu pra todos", é como se todos fossemos passear de iate em Comandtuba. A prova é o bronze que apresentamos. Tem tempo? Não. Tem dinheiro? Também não. Mas você pode pagar de ricaço, basta torrar no solão das 2 da tarde. Você não acredita? Tudo bem: a MAIORIA acredita, leva a sério e segue à risca.
Assim, acho que criam-se as condições para a extinção daquela película que protege a superfície do planeta dos malignos raios solares ultra-violeta e o aquecimento da Terra. E quem ganha com isso?
Aí é que vem a conspiração mostrar a cara: esse solão e aquecimento interessam aos répteis. Logo, as pistas apontam para um plano dos reptilianos visando tornar a Terra um lugar apropriado para estes seres de pele escamosa. Como eles farão isso, eu não sei. Mas o primeiro passo, que é convencer as pessoas da importância de termos sol e calor 24 horas por dia, 365 dias por ano, já está a todo vapor.




Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe