sexta-feira, 1 de julho de 2011

Assim se defendeu acusado de estuprar mulher: "Pensei que ela estivesse morta"

Americano viola mulher que pensava que estava morta
Um homem de 48 anos foi acusado de violar uma mulher inconsciente no passeio do KC, Kansas, nos Estados Unidos de América.
Segundo o jornal ‘
Kansas city star', Melvin L. Jackson abusou de uma mulher na quarta-feira em plena luz do dia e depois defendeu-se dizendo que pensava que esta estivesse morta.
A vítima disse à polícia que estava a caminhar no passeio quando se sentiu mal e se sentou na sombra de uma árvore. Ficou inconsciente e apenas acordou quando uma testemunha gritou: "Ajudem, sai de cima dela!"
A mulher não se lembrava de ter sido abusada, mas notou que não tinha cuecas. Seriam 11h30 da manhã, refere o jornal 'Kansas Star City'.
A vítima apresentou queixa na esquadra de polícia e o homem foi detido quando caminhava na rua com as calças desapertadas. Quando a policia lhe perguntou sobre o facto de ter as calças desapertadas, ele respondeu muito atrapalhado que que tinha tocado "na perna da mulher" e que pensou que esta estava morta.
A testemunha disse à polícia que viu Jackson a abusar da vítima que estava deitada no chão na posição fetal.
Quando a polícia tentou obter mais informações do abusador, este questionou: "Aquela senhora disse que lhe fiz alguma coisa?" E a seguir disse: " Tenho o direito de não prestar declarações". (
CM )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe