segunda-feira, 6 de junho de 2011

Para entreter, obedecer e servir: Clube das Mulheres Obedientes aos maridos é lançado na Malásia

Mulheres na Malásia querem ser «esposas obedientes»
Clube feminino acredita que os males acontecem nos lares quando «as mulheres não obedecem às ordens dos maridos»
Um grupo de mulheres da Malásia criou, no último sábado, o Clube das Esposas Obedientes, uma entidade que defende a submissão incondicional das mulheres à vontade do marido como forma de reduzir o índice de divórcio e de violência doméstica.
Educar as mulheres para «entreter, obedecer e servir» o homem é a meta do grupo, escreve o portal de notícias «G1».
Para Rohaya Mohamed, vice-presidente do Clube, os «abusos» ocorrem dentro do lar quando «as mulheres não obedecem às ordens dos maridos. Eles sempre têm a razão, que tem origem divina».
Mohamed defende também que, quando o marido é infiel ou opta pelo divórcio, a culpa é inteiramente da mulher.
O índice de divórcios disparou nos últimos anos na Malásia, apesar dos esforços das autoridades religiosas e políticas, que têm chegado a oferecer férias adicionais a casais com problemas para que tentassem manter a união.


( TVi24 )


Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe