domingo, 5 de junho de 2011

Idosa que teve coração salvo por médico que improvisou com Super Bonder há 14 anos vem a falecer

Morre idosa que teve coração colado com Super Bonder
Quatorze anos após a cirurgia realizada em Londrina, Joana Messas Woitas faleceu vítima de uma parada cardíaca, aos 82 anos, em Bela Vista do Paraíso
05/06/2011
Jornal de Londrina
Faleceu nesta sexta-feira (3) Joana Messas Woitas, aos 82 anos, em Bela Vista do Paraíso, Norte do Paraná, vítima de uma parada cardíaca. A funcionária pública aposentada ficou conhecida nacionalmente depois que médicos usaram uma cola Super Bonder para controlar uma hemorragia no coração dela durante uma cirurgia realizada em Londrina. O procedimento foi feito pelo cirurgião cardíaco Francisco Gregori Junior, no Hospital Evangélico, há 14 anos.
Aos 69 anos, Joana sofreu um infarto dias depois de ter sido submetida a uma revascularização do miocárdio. Ela teve uma ruptura no coração e os médicos estavam com dificuldades para controlar a hemorragia com os métodos tradicionais de sutura. Antes de desistir, Gregori Junior ordenou a compra da cola em um posto de gasolina localizado próximo ao hospital. Colou três placas de celulose com Super Bonder no orifício de onde saía o sangramento e deu certo. Joana sobreviveu e, segundo os médicos, conseguiu levar uma vida normal após a cirurgia.

( História levantada pelo sempre atento
BOTECOTERAPIA )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe