sexta-feira, 24 de junho de 2011

Grande asteróide passa perto da Terra

O asteróide 2011 MD, descoberto apenas na quarta-feira passada, vai na segunda-feira passar muito perto da Terra, a uma distância do nosso planeta 230 vezes menor que a que nos separa da Lua. Os cientistas dizem que não representa perigo.
Com o tamanho de um edifício de escritórios, o asteróide vai passar a cerca de 17.000 quilómetros da Terra e será visível através de um pequeno telescópio. O hemisfério sul, em particular a América do Sul, será o local mais indicado para observar este objecto espacial.
O 2011 MD foi descoberto apenas na quarta-feira por telescópio robótico no Novo México, nos EUA, montado com o propósito de descobrir este tipo de objectos. Emily Baldwin, britânica perita em asteróides, disse ao Daily Telegraph que não há perigo: "Estamos certos de que nos vai falhar, mas se entrasse na atmosfera um asteróide deste tamanho iria provavelmente arder, numa bola de fogo brilhante, e desfazer-se em pequenos meteoritos. "
A 8 de Novembro espera-se que um asteróide de 50 toneladas e 400 metros de diâmetro, chamado 2005 YU55, entre na órbita da Lua. Ao passar a menos de 325 mil km, será o maior objecto a se ter aproximado tanto da Terra, escreve o jornal inglês.
( "
Grande asteróide com trajectória perto da Terra", DN )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe