sábado, 18 de junho de 2011

Casal obrigado a separar-se após marido mudar de sexo

A justiça italiana obrigou um casal a separar-se após o marido mudar de sexo, embora ambos queiram permanecer casados.
A Justiça italiana obrigou um casal da cidade de Bolonha a separar-se, contra a própria vontade, após o membro masculino do casal ter feito uma operação de mudança de sexo para se assumir como mulher.
Segundo avança o Globo.com, Alessandro Bernaroli, de 40 anos, submeteu-se a uma operação para mudar de sexo em 2009, quatro anos depois de se ter casado, passando a chamar-se Alessandra. Tanto ele como a esposa não tinham a intenção de se separar, e em Outubro do ano passado, um tribunal de Modena (cidade onde foi celebrado o casamento), reconheceu que o casal tinha o direito de permanecer unido legalmente. No entanto, uma sentença do tribunal de apelação de Bolonha (zona de residência do casal), veio agora impôr o divórcio, alegando que a lei não permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
O casal considera-se vítima de discriminação. "É uma situação intolerável, porque não se estão a julgar as pessoas com base na legislação existente, mas sim no preconceito. Não queremos que o nosso casamento tenha uma definição: homossexual, transexual ou heterossexual, mas continuar a viver como antes", diz Alessandra.
Agora os advogados vão entrar com um recurso no tribunal de última instância, cuja sentença definitiva deverá sair dentro de quatro ou cinco anos.
"Enquanto isso, não sabemos se somos casados ou não, o que podemos e o que não podemos fazer. Uma situação que fere nossa dignidade", reclama. (
DN.PT )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe