sábado, 26 de fevereiro de 2011

Papa favorável à doação e conservação das células do cordão umbilical

O Papa Bento XVI afirmou-se sábado favorável à doação das células do cordão umbilical, que qualificou como um "acto de solidariedade humana e cristã", criticando a sua comercialização.
"A investigação médico científica é um valor e não somente para os cientistas mas também para toda a comunidade civil", afirmou Bento XVI que falava na Cidade do Vaticano na assembleia da Academia Pontifícia para a Vida.
Para Bento XVI "este valor e a necessidade de solidariedade, estão bem evidentes no caso da utilização das células do cordão umbilical", noticiou a AFP.
O sangue do cordão e a placenta contêm células que permitem o tratamento de pessoas, nomeadamente, leucemia e outras doenças graves de sangue.
"Trata-se de aplicações clínicas importantes e pesquisas prometedoras no plano científico mas cuja realização depende da generosidade acomodação e adequação das estruturas", salientou o Papa.
O Pontífice declarou-se hostil à"proliferação de bancos privados" para a conservação de sangue umbilical, considerando que "enfraquece o verdadeiro espírito de solidariedade".
(
JN.PT )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe