sábado, 19 de fevereiro de 2011

No Primeiro Mundo é assim: lei protege direito das crianças a fazer barulho

Tudo em nome da natalidade. O Governo alemão pôs na lei que pais e filhos podem rir, gritar e brincar no volume que quiserem
As crianças alemãs vão ver consagrado na lei o direito a fazer barulho. Tudo em nome da natalidade, que anda muito em baixo em terras de Angela Merkel.
De acordo com a Associated Press, para incentivar a natalidade, o Governo está a propor que os pais e os filhos possam rir, gritar e brincar no volume que quiserem e que isso fique consagrado na Lei. A atitude do Governo alemão é ainda mais interessante se pensarmos num país com leis para tudo e com uma legislação sobre o ruído muito severa. Os tribunais alemães têm sido, aliás inundados com processos contra pais com crianças barulhentas.
O Executivo alemão vem agora esclarecer que a proposta de lei que isenta as crianças dos regulamentos restritos sobre os limites de ruído.
(
TVI24 )


NOTA: De saco cheio de tanto ouvir criaturas lodosas comparando coisas que, em tese ( ou seja, como visto nos filmes e séries de TV, que são as fontes informativas dos que tanto invejam o "Primeiro Mundo" ) , só aconteceriam no Brasil com o que, em tese, seria a realidade do chamado "Primeiro Mundo", que eu decidi começar a postar coisas que porventura eu pesque na WEB, quando mostrarem coisas "do Primeiro Mundo". Vamos ver se as pessoas gostam.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe